Hoje em dia temos assistido a cada vez mais ataques aos sistemas informáticos de empresas e cidadãos. Muito porque tudo hoje está informatizado, e os criminosos conseguem qualquer dado pessoal invadindo o sistema. Por isso o teste de invasão se torna essencial na manutenção da sua segurança.

ransomware

De que adianta tomar todas as precauções depois de um ataque? Uma invasão apenas já dá para o criminoso obter todas as suas informações, e sabe-se lá o que ele poderá fazer com elas!

Mais vale prevenir do que remediar!

A situação já não é tão suave como há uns anos. Sempre ouvimos falar em vírus que entravam em nosso computador, mas geralmente porque abríamos um e-mail suspeito, ou fazíamos um download de fonte não fidedigna.

Hoje não é mais assim. Existem ataques informáticos massivos, afetando milhares e milhares de usuários em todo o mundo, em questão de minutos. Além de ficarmos com nossos computadores danificados, se tornando difícil recuperar todos os dados contidos nele, o invasor poderá roubar os nossos dados sem que percebamos. Dados como nome, data de nascimento, contatos, número de cartão bancário e crédito, senhas. Bem, um sem fim de dados que poderão nos comprometer.

Piora ainda a situação quando falamos no mundo empresarial. Dados de clientes roubados detonam qualquer reputação, o que significa, automaticamente, a perda de fidelidade do cliente, e uma quebra nas receitas.

O teste de invasão, conhecido também como pentest, poderá ser um grande aliado para prevenir essas invasões, antes que seja tarde demais. Ao fazer uma análise de vulnerabilidades, nos dá um relatório completo de pontos mais frágeis do sistema para que consigamos trabalhar neles de forma a que o nível de risco seja aceitável.

Previna fazendo teste de invasão periodicamente

O teste de invasão tem como principal objetivo identificar possíveis ameaças fazendo uma análise de vulnerabilidades. O pentest é, basicamente, uma simulação de um ataque ao seu sistema.

Trata-se de uma simulação controlada de um ataque ao sistema, rede ou ferramenta, real, de forma a  avaliar a segurança no momento presente. Ora, como ele faz uma análise de vulnerabilidades no “agora”, é necessário repeti-lo periodicamente para garantir que o sistema, rede, ou ferramentas, se encontra seguro.

O teste de invasão é como se fosse uma câmera fotográfica, que capta o estado do seu sistema na hora. Como vai instalando novos aplicativos, abrindo novos e-mails, etc, essa “fotografia” deixa de estar atualizada. Daí a necessidade de realizar o pentest de forma regular.

Com o pentest nós sabemos as nossas reais fraquezas, vulnerabilidades e deficiências técnicas de forma a avaliar a integridade, disponibilidade e confidencialidade das informações.

Além de realizar uma análise de vulnerabilidades regularmente, é necessário que o utilizador siga algumas regras de segurança.

  • Ter antivírus atualizado
  • Fazer backups regulares
  • Não abrir e-mails suspeitos
  • Não seguir links enviados por e-mail
  • Não executar ficheiros anexados em e-mail
  • Não navegar em sites com fontes desconhecidas

Lembre que a prevenção é o melhor caminho para evitar ser apanhado por um criminoso. Depois da invasão quase, ou nada, pode fazer. Não se deixe apanhar desprevenido! Faça hoje mesmo o teste de invasão!