Por que devemos nos blindar digitalmente antes de lançar uma candidatura nas eleições 2018

eleições 2018 segura

O mundo digital trouxe-nos muitas vantagens. Hoje é possível fazer de tudo pela internet. Lançar uma candidatura online para essas eleições de 2018 é uma das vantagens. Como as pessoas estão sempre online atualmente, lançar uma candidatura na internet pode fazer ganhar muitos votos.

No entanto, não existem apenas vantagens. Pelo menos, não se não estivermos prevenidos. Todos os candidatos querem ganhar as eleições, e não olham a meios para conseguir isso. Assim sendo, o risco de lançar uma candidatura nas eleições desse ano são maiores exatamente pela probabilidade de ataques virtuais.

Crimes cibernéticos são realidade nas eleições de 2018

Antes mesmo da campanha da maior parte dos candidatos ter iniciado, já o risco de crimes cibernéticos é real.

Não é preciso ir muito longe para comprovar o que estamos falando. Nas eleições dos Estados Unidos da América, a maior potência mundial, conseguiram entrar na conta de e-mail da Hillary Clinton, e foi esse um dos grandes motivos para ela perder as eleições contra o Donald Trump.

Se a maior potência não está livre desse tipo de ataque, imaginemos o Brasil! Por isso é que é preciso proteger a campanha, e isso só se consegue prevenindo um ataque.

Usar bons antivírus e firewalls é crucial, mas é necessário ter certeza que aqueles que usa estão protegendo as informações de ataques cibernéticos.

Teste de Invasão protege Candidaturas nas eleições 2018

Claro que o investimento em antivírus é fundamental, mas se eles não forem testados, como saberemos que estamos realmente protegidos? Afinal de contas, acha que a Hillary não tinha um bom antivírus instalado?

Pois é! A questão é que até à data ainda não se falava desse tipo de ataque para favorecer ou desfavorecer um candidato nas eleições. E por essa razão achavam que bastavam as regras de segurança comuns.

Assim sendo, e como estamos mais alertas quanto aos riscos, usamos algumas ferramentas que podem nos ajudar muito assegurando a segurança da candidatura.

Essas ferramentas são o que chamamos de testes de invasão. Esses testes são perfeitos para todo o tipo de empresa que lida com dados sensíveis e muito importantes, e por isso são imprescindíveis para pessoas públicas cujas informações precisam ser protegidas.

Como atua o teste de invasão?

O teste de invasão funciona como uma simulação de ataque real, mas de forma controlada. Farão um ataque aos sistemas, redes, ferramentas e todos os outros meios de proteção de dados da campanha, de forma a que se teste a eficácia das ferramentas já usadas.

Estes testes de invasão também são úteis para avaliar as condições de segurança das ferramentas do comitê, dos sistemas de máquinas, e assim consegue detectar falhas.

Estes testes analisam todas as vulnerabilidades que o seu sistema, rede, e outros locais onde estejam armazenadas as informações, sofre no momento presente. Isso lhe dá uma real perspetiva de qual o nível de segurança a sua candidatura tem, e permite que os profissionais possam trabalhar no sentido de colmatar essas falhas.

No que toca às empresas que fazem os testes de invasão, existe um acordo assinado garantindo a realização do serviços, e assegurando a confidencialidade de todos os dados para que o candidato possa estar seguro de que todos os dados e informações não vazarão.

Não deixe de proteger a sua candidatura nas eleições 2018! Contrate hoje mesmo um teste de invasão e veja onde a segurança está falhando! Não dê espaço para fugas de informação! Lembre que a melhor defesa é sempre o ataque!

Add new comment

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.