minimanual

A segurança cibernética nas eleições é uma grande necessidade hoje. Principalmente em momentos como os atuais, em que boa parte dos candidatos estão buscando fazer campanhas que estão cada vez mais conectadas com os eleitores.

 E, se por um lado a internet traz os benefícios de aproximar o candidato do eleitor, por outro, eles ficam mais suscetíveis a ataques virtuais de hackers. Afinal a internet também possui os seus perigos.

 Basta observarmos o que aconteceu na campanha presidencial dos Estados Unidos e da França – que muito se especula da influência das fake News e também do vazamento de informações.

 Por isso, hoje trouxemos um manual básico de segurança cibernética nas eleições que você, candidato, deve seguir. Quer saber quais são as dicas que têm nele? Então continue lendo este artigo até o final e descubra.

 Segurança cibernética nas eleições: proteja sua campanha

 Porque a maioria dos candidatos hoje em dia têm suas pautas e agendas além de outras informações online.

 E, proteger essas informações é essencial para que se tenha uma maior segurança cibernética nas eleições. Assim sendo, tenha certeza das pessoas que têm acesso a essas informações.

 Além disso, é importante que se tenha atenção com relação a formas de proteger sistemas e banco de dados que venham a favorecer seus concorrentes.

 O uso de bons antivírus e firewalls são bem-vindos em todos os sistemas que contenham detalhes de suas estratégias de campanha.

 Testes de invasão

 Ainda na esteira de proteção cibernética, é preciso saber se os sistemas que você tem utilizado são realmente eficazes na hora de proteger as informações de suas campanhas.

 Você não precisa esperar um ataque de um hacker para saber se eles funcionam ou não.

 Os testes de invasão, por meio de uma série de técnicas utilizadas encontrarão eventuais vulnerabilidades em seus sistemas.

 Isso tudo fazendo simulações controladas de invasão ao seu sistema – e emitindo relatórios detalhados de como corrigir falhas.

 E, não se preocupe: as empresas que fazem esse tipo de serviço e têm acesso a essas informações têm como padrão a assinatura de acordos formais e de confidencialidade.

 O que salvaguarda os dados importantes de sua campanha.

 Dentre os principais serviços oferecidos por essas empresas, podemos destacar a sondagem e o mapeamento, a análise de tráfego de rede, a avaliação de servidores web e a identificação e exploração de vulnerabilidades.

 Dentre as formas de segurança cibernética nas eleições essa é uma que tem ganhado espaço e importância.

 Principalmente por conta dos últimos casos de ataques de hackers durante as eleições dos Estados Unidos.

 O que nos faz pensar que, se nem uma superpotência está imune a esses ataques, porque o Brasil, em ano de eleições estaria?

 Considere empresas de confiança para a realização destes serviços.

 

 Mantenha sua página nas redes sociais sempre atualizada

 Ter uma página nas redes sociais sempre atualizada protege você contra as chamadas fake News.

 Essas notícias falsas têm grande potencial de destruir a imagem e um candidato.

 Por essa razão é que ter uma página oficial sempre atualizada com novidades impede que esse tipo de notícia se torne um boato – e assim se torne “verdade” entre os eleitores e internautas.

 Na maioria das vezes essas notícias têm por objetivo denegrir a imagem de um candidato favorecendo outro.

 Isso, em casos extremos pode realmente acontecer e arruinar todo um planejamento de campanha.

 Assim para se ter uma maior segurança cibernética nas eleições, mantenha-se sempre atento às novidades. E sempre que possível esclareça eventuais situações.

 Gostou dessas dicas de segurança cibernética nas eleições? Que tal começar a aplicá-las para ter maior sucesso em sua campanha?

 Saiba mais sobre o serviço de teste de invasão, mande um e-mail para teste@testedeinvasao.com ou acesse o site www.testedeinvasao.com

 

 

 E aí, gostou do artigo acima? Compartilhe em suas redes sociais. Fique de olho em mais novidades e não deixe de comentar abaixo. Marque seus amigos e até a próxima!

Add new comment

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.